sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Sobre o Projeto

                    Maragogipe: Circulando com o Samba de Roda e os Mascarados  


O projeto “Maragogipe circulando com o Samba de Roda e os Mascarados” prevê a realização de 16 (dezesseis) apresentações de samba de roda promovidas mensalmente nas cidades de Maragogipe, Cachoeira, Saubara e Santo Amaro no período de 28/02/2014 a 21/06/2014. As  atividades serão realizadas nos finais de semana (sexta-feira e sábado), ocorrerão nas casas de samba locais (Maragogipe: Casa do Samba D. Cadú, Cachoeira: Casa do Samba D. Dalva, Santo Amaro: Casa do Samba - Centro de Referência do Samba de Roda e, Saubara: Casa do Samba Sambadeira Frazinha) e serão antecedidas de palestras com rodas de diálogos e oficinas de cunho cultural/artesanal. Assim, o projeto será dividido sumariamente em 4 (quatro) momentos distintos: palestras, rodas de diálogos, oficinas e apresentações dos grupos. Vale ressaltar ainda que, a circulação contará com as apresentações do grupo dos mascarados de Maragogipe em todas as cidades contempladas pelo projeto. 

Desta forma, o projeto pretende reunir os sambadores e sambadeiras das diversas localidades buscando promover o avivamento e o fortalecimento da cultura regional na qual estão inseridos (as). O primeiro mês do projeto será destinado à contratação da equipe, a criação do site do projeto (o site estará no ar a partir do dia 02/02/2014, contendo um pequeno histórico sobre o Grupo Cultural Samba de Roda Samba de Maragogó e sobre o Projeto, calendário das apresentações de intercâmbio cultural, oficinas e palestras e registro visual das atividades desenvolvidas durante a consecução do mesmo), a compra do material das oficinas e a divulgação dessas por meio de visitas às escolas de cada cidade abrangida pelo projeto via articulador (a) cultural. Além disso, utilizar-se-á também como instrumento para divulgação do projeto: cartazes, panfletos, moto som, rádios comunitárias, jornais locais, site do projeto e da UFRB e redes sociais. 

Ao término dessa etapa, o projeto se destinará a um segundo momento: o início do intercâmbio cultural, das palestras e oficinas propostas. A primeira cidade a ser contemplada com o projeto “Maragogipe circulando com o Samba de Roda e os Mascarados” será a cidade cede - Maragogipe com os seguintes grupos: Grupo de Samba Filhos de Oxossi e o Grupo dos Mascarados de Maragogipe no mês seguinte partiremos para Cachoeira com os seguintes grupos: Grupo de Samba Filhos de D. Cadú, Grupo Samba Suerdieck e o Grupo dos Mascarados de Maragogipe posteriormente Saubara com os seguintes grupos: Grupo de Samba Só pra Agradar, Grupo de Raizes de Saubara e o Grupo dos Mascarados de Maragogipe, em novembro circularemos em Santo Amaro com os seguintes grupos: Grupo de Samba Filhos de Coqueiros, Grupo Samba 17 e o Grupo dos Mascarados de Maragogipe e finalmente em dezembro retornaremos para Maragogipe para o encerramento do projeto. 

Além disso, estão previstas a realização de quatro palestras (com rodas de diálogos) e quatro oficinas (4 horas/cada) ao longo do desenvolvimento do projeto (uma em cada cidade), a saber: Palestra de abertura do Projeto – “O Samba de Roda e o Carnaval dos Mascarados - Patrimônio Imaterial da Bahia e oficina de cavaquinho na cidade de Maragogipe”; Palestra: “A Cultura e a Tradição do Samba de Roda” e oficina de artesanato (adereços de carnaval) na cidade de Cachoeira; Palestra: “A valorização dos Mestres e Mestras da cultura popular” e oficina de Samba de Roda na cidade de Saubara”; Palestra: “A cultura popular do Recôncavo da Bahia” e oficina de cerâmica na cidade de Santo Amaro. 

Essas palestras terão como objetivo principal discutir as prioridades coletivas e desenvolver conceitos pertinentes que versam,  especialmente sobre Cultura, Cultura popular e Tradição (Anexo 1: Da estrutura das palestras, mesa de encerramento e rodas de diálogos). A  proposta das rodas de diálogos será um momento de interação entre os mestres, sambadores e sambadeiras das diversas localidades com o  intuito de discutir suas prioridades coletivas e contribuir para o fortalecimento desta prática milenar na região. As oficinas terão como público alvo jovens e adolescentes que se interessem pela temática.

No final do projeto promoveremos um grande encontro na Casa do Samba D. Cadú com a presença dos grupos de Samba de Roda: Grupos dos Mascarados de Maragojipe, Grupo Cultural Samba de Roda Samba de Maragogó, Grupo de Samba Pé de Litro e Grupo de Samba Recordar (Anexo 3: Histórico dos Grupos de Sambas de Roda). Neste momento também faremos a última roda de diálogos e uma mesa de encerramento intitulada: "Demandas, Perspectivas e apoios: novos rumos para o samba" com intuito de discutir e deliberar a criação de um documento que contemple as principais demandas, necessidades e dificuldades apresentadas durante a circulação das apresentações nas cidades contempladas.  

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © MARAGOJIPE CIRCULANDO COM O SAMBA DE RODA E OS MASCARADOS ANO II | Powered by
by SimpleWpThemes | by NewBloggerThemes.com